Perto de estrear no Brasileiro de Aspirantes, equipe de transição do Bahia apresenta sua nova cara | Rota do Sertão

ESPORTES

Perto de estrear no Brasileiro de Aspirantes, equipe de transição do Bahia apresenta sua nova cara

24/05/2019 15:00 Equipe de transição do Bahia vai disputar o Brasileiro de Aspirantes; primeira partida será contra o Internacional, nesta sexta-feira. Perto de estrear no Brasileiro de Aspirantes, equipe de transição do Bahia apresenta sua nova cara

A Equipe de Transição do Bahia, antes chamada de sub-23, mostra aos poucos a sua modelagem para a temporada. Em preparação para o Campeonato Brasileiro de Aspirantes, o time comandado por Duda Cavalcanti já realizou três amistosos contra FTC, Jacuipense e Estrela de Março: um empate em 1 a 1 , uma derrota por 3 a 0 e um triunfo por 2 a 0. Além disso, a equipe disputou também um jogo-treino contra os reservas do Esquadrão e saiu derrotada por 3 a 1.

O primeiro compromisso oficial da equipe será nesta sexta-feira, contra o Internacional, pelo Brasileiro de Aspirantes. O confronto será em Pituaçu, às 15h (horário local).

Até o momento, o plantel da equipe de transição conta com 27 jogadores, com 11 novos contratados. A categoria não ficará restrita a atletas com idade abaixo de 23 anos. A explicação foi feita pelo presidente do clube, Guilherme Bellintani, em abril deste ano, quando a diretoria apresentou o projeto.

- Não vai estar restrito a atletas abaixo de 23 anos, não há nenhum obstáculo que atletas com idade acima de 23 anos façam parte da equipe de transição. Também fazer com que os meninos abaixo de 23 anos tenham experiência com atletas de idade mais avançada - afirmou o presidente na ocasião.

Nos quatro amistosos disputados até aqui, Dado Cavalcanti usou times diferentes em cada etapa das partidas e variou também a formação tática: usou o 4-3-3 contra FTC e Estrela de Março, e o 4-2-3-1 nos jogos contra Jacuipense e reservas do Bahia. Confira, abaixo, os times utilizados pela equipe de transição nos duelos preparatórios.

Bahia (Equipe de Transição) 1 x 1 FTC, no dia primeiro de maio: Fernando; Matheus Silva, Luanderson, Brunão e Max; Matheus Issa, Buiu e Cristiano; Gabriel Esteves, Fernandinho e Gustavo.

Entraram no segundo tempo: Cassiano; Lucas , Jaques e Júnior Ramos; Edson, Luís Fernando e Willean Lepo; Felipinho, Darlyson e Geovane Itinga.

Nesta partida o gol foi marcado pelo meia Felipinho, com assistência do atacante Geovane Itinga.

Bahia (Equipe de Transição) 0 x 3 Jacuipense, na dia 7 de maio: Fabrício; Matheus Silva, Brunão, Jaques e Max; Yuri, Mateus Issa, Buiu, Gustavo e Gabriel Esteves; Caíque;

Entraram no segundo tempo: Lucas, Breno, Matheus Bahia, Edson, Vinicius Garcia, Cristiano, Darlyson, Itinga e Carlinhos.

Bahia (reserva dos profissionais) 3 x 1 Equipe de Transição, na dia 14 de maio: Geovane; Matheus Silva, Luanderson, Jaques e César ; Yuri, Carlinhos, Vinicius; Érison, Clayton (profissional), Caíque.

Nesta partida o gol foi marcado pelo lateral Max, após sobra de bola na grande área.

Bahia (Equipe de Transição) 2 x 0 Estrela de Março, no dia 18 de maio: Geovane; Matheus Silva, Jaques, Brunão e Max; Yuri, Buiu e Carlinhos; Gabriel Esteves, Gustavo e Caíque.

Formação do segundo tempo: João Victor; Lepo, Jaques, Luis Fernando e César; Edson, Mateus Issa e Vinicius; Érison, Cristiano e Geovane Itinga.

Os gols foram marcados por Max e Cristiano.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, o técnico Dado Cavalcanti revelou que os jogos amistosos serviram como um período de avaliação da equipe, já que ele não conhecia maior parte dos atletas. Por isso, houve tanta rotatividade entre as partidas.

- Os objetivos dos três treinos foram fazer avaliações. Como eu chego no grupo que só conheço um jogador, que trabalhei, que é o Matheus Silva, no Paysandu, eu precisava desse tempo maior para avaliar os outros jogadores que estão no elenco hoje. Tivemos uma rotatividade muito grande; nos três jogos, eu mudei muito para chegar nas conclusões de um grupo ou de uma equipe considerada titular. Esses objetivos foram alcançados - disse.

Dado ainda destacou dois jogadores que tiveram destaque nos confrontos: os atacantes Gustavo e Gabriel Esteves, contratados do Jequié e Atlético de Alagoinhas, respectivamente. O comandante pontuou características específicas dos atletas, que ainda podem passar por evolução.

- Individualmente, sempre tem um jogador que joga melhor um treino, faz melhor outro treino. Tem alguns que mantêm regularidade. Posso comentar sobre Gabriel Esteves e o Gustavo. São jogadores de velocidade e vêm mantendo regularidade nos treinamentos e jogos. Eu sei que podem evoluir, melhorar, talvez com a equipe pronta, encaixada, com uma formação, dá para buscar ainda mais qualidade, mais virtude - finalizou.

Treinador

O Bahia apostou na experiência para formar novos atletas e conquistar títulos nas categorias em disputa. Dado Cavalcanti, contratado no mês de abril, possui um vasto currículo: são passagens por Santa Cruz, Náutico, Ponte Preta, Ceará e Paysandu. Ele conquistou os títulos da Copa Verde, Campeonato Paranaense e Campeonato Mato-Grossense. Em sua chegada ao Tricolor, o comandante pontuou que precisava do "tempo necessário" para maturação do seu trabalho e, também, dos jogadores que passarão por suas mãos.

Velhos conhecidos

Para essa temporada, o Bahia conta com remanescentes do ano passado: Fernando, Cassiano, Max, Matheus Bahia Cristiano, Jaques, Luís Fernando, Willian Lepu e Geovane Itinga. Além desses, o volante Yuri, atleta profissional, integra o grupo por ora; o jogador está em fase de recuperação física. Felipinho e Júnior Ramos treinaram com o grupo, mas não disputarão o Brasileiro de Aspirantes com a camisa tricolor. Os dois têm contrato com o clube até o fim deste mês.

Reforços

O Esquadrão apostou em valores do Campeonato Baiano 2019 para a equipe de transição. O atacante Gustavo, o meia Matheus Issa e o volante Buiú, que jogaram pelo Jequié, agora vestem a camisa tricolor. Gabriel Esteves, que disputou o torneio pelo Atlético de Alagoinhas, também desembarcou no Fazendão.

Brunão e Edson foram outros jogadores que chegaram ao Bahia. O lateral César e o meia Carlinhos, que estavam em período de avaliação, foram contratados. Além desses, o goleiro Geovane, os meias Vinícius e Érison, também surgem como novidade. Já o zagueiro Lucas e o atacante Darlyson, que estavam no mesmo processo de avaliação, não seguem no Tricolor.

 


 

Fonte: rotadosertao.com / Com informações de  João Salvador / GloboEsporte

Crédito Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Tags: Perto , estrear , Brasileiro , Aspirantes, equipe , transição , Bahia
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Esportes / Pernambuco 03/06/2018 11:16 Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Zagueiro destaca papel nos problemas fora das quatro linhas e...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Novas eleições ocorrem neste domingo em 16 municípios Alagoas 04/08/2013 10:02 Novas eleições ocorrem neste domingo em 16 municípios Neste domingo (7), eleitores de 16 municípios de sete Estados...