Facção criminosa genuinamente alagoana. A FIRMA cresce na periferia de Maceió | Rota do Sertão

NOTÍCIAS

Facção criminosa genuinamente alagoana. A FIRMA cresce na periferia de Maceió

17/11/2011 10:56 A polícia garante que a 'empresa' do tráfico já marca presença em outras cidades Facção criminosa genuinamente alagoana. A FIRMA cresce na periferia de Maceió

O tráfico de drogas fortalece seu comércio ilegal em Alagoas e ganha a primeira facção criminosa local. Baseada no PCC do Rio de Janeiro, A "FIRMA" se espalha em todo o Estado e tem como fundador, mesmo à distância, segundo a polícia, Charles Gomes de Barros, o Charlão, que cumpre pena em presídio de segurança máxima em Sergipe, desde 2009.

Charlão sempre teve poder no tráfico de drogas em Maceió, mas seu grupo - que tinha o "quartel general" no Bom Parto - sofreu grande abalo com as prisões dos mais fortes, a partir dele.

As polícias alagoanas, em 2009, foram ao estado vizinho porque estariam desconfiadas que um resgate de Charlão teria sido planejado. De dentro do presídio, ele continuou a ditar regras e a comandar os seus subordinados determinando as ações.

Primeira Formação

Na primeira formação, Charlão tinha vários gerentes. Valton, conhecido como "Valtinho"; Ivanildo Nascimento, O "Aranha"; Moisés Santos da Costa Júnior, o "Gil Bolinha"; Anderson Menezes, conhecido como "Inhonho" ou "Mancha"; Isaías da Silva, o "Pêu", um homem conhecido como "Jau" e outro como "Baiano".

Destes, Valtinho, considerado um dos principais líderes do tráfico em Alagoas, e 'baiano' continuam soltos. Outros considerados também de confiança, porém, mais fracos na hierarquia, mas, atuantes na quadrilha, como Jaelson Pessoa, o "Gordo", e seu irmão conhecido como "Mago", ambos postos em liberdade há pouco tempo são considerados de grande importância nos negócios de Charlão.

A polícia acredita que estes homens são os responsáveis pela FIRMA, cuja sede não seria no Bom Parto, reduto de Charlão. "A Firma tem a base no bairro do Clima Bom e, pelo que já sabemos, está se fortalecendo não somente na capital", garante um policial.

Fortemente armados

A quadrilha de Charlão sempre foi fortemente armada e, além do tráfico de drogas, também marcava participação em assaltos. Segundo a polícia, os integrantes utilizavam em suas ações criminosas metralhadoras, rifles e espingardas de calibre 12, de repetição, além de pistolas 9 milímetros, todas de uso exclusivo das Forças Armadas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Fonte:CM/Dulce Melo
Crédito Foto:Bope

 

Tags: Alagoas
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Esportes / Pernambuco 03/06/2018 11:16 Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Zagueiro destaca papel nos problemas fora das quatro linhas e...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Novas eleições ocorrem neste domingo em 16 municípios Alagoas 04/08/2013 10:02 Novas eleições ocorrem neste domingo em 16 municípios Neste domingo (7), eleitores de 16 municípios de sete Estados...